Como corrigir não é possível ler facilmente arquivos de origem ou problemas de disco

Hoje, o armazenamento de arquivos digitais é extremamente confiável, no entanto, isso não significa que não possa dar errado. Você pode estar andando pela sua empresa, abrindo ou fechando um arquivo no Windows, quando do nada o erro 'não pode ler do arquivo ou disco de origem'aparece na tela.

Pode ser frustrante quando seus dados valiosos ficarem fora de alcance. No entanto, existem várias soluções que você pode usar para corrigir esse problema irritante. Mas antes de fazer isso, observe as causas pelas quais você enfrenta esse erro em primeiro lugar. Então, vamos às causas e correções sem mais delongas!

PS: Se você estiver incomodado com os erros de O disco que você inseriu não era legível por este computador e o código de erro do Windows Update 0x80072efe, Mesmo o arquivo ou diretório está corrompido e ilegível, aqui estão as principais soluções.


Parte 1: Razões por trás de 'Não é possível ler do arquivo ou disco de origem'

1. Desligue e ligue

A primeira coisa que você precisa experimentar no seu sistema Windows quando ele aparecer o 'não pode ler do arquivo ou disco de origem'é desligá-lo. Depois de um tempo, ligue-o novamente.
Na maioria dos casos, os erros ocorrem devido a falhas de software que geralmente são banidas com uma nova inicialização. Isso leva alguns minutos. Então, tente isso.

2. Incompatibilidade do formato do disco

Como dois discos rígidos podem parecer semelhantes, no entanto, a maneira como seus arquivos de dados são organizados pode diferir drasticamente. Todo sistema operacional possui seu próprio método de classificar o espaço físico em discos rígidos mecânicos. O único método para modificar o sistema é através da formatação da unidade. Isso significa que todos os dados serão apagados nele.

Incompatibilidade de formato de disco

O Windows funcionará bem com as unidades, formatadas em NTFS, FAT 32 e FAT 16. Isso não leria discos rígidos formatados para Linux ou Mac sem software adicional. Para ler discos rígidos formatados para Mac, os usuários podem empregar HFSExplorer e, para discos formatados para Linux, empregar Linux Reader.

Se o disco rígido que você deseja copiar for FAT32, reformate o disco para compactar o arquivo ou NTFS e use a operação de separação de arquivos do software de compactação. Nos sistemas modernos, é melhor usar o NTFS.

3. Setores ruins

Um setor defeituoso refere-se a uma parte de um dispositivo de armazenamento que se recusa a ser lida ou gravada. Os setores defeituosos não são fisicamente defeituosos; no entanto, eles se tornam corrompidos devido a algo como algum software defeituoso ou falta de energia que gravou dados indesejados na parte da unidade. Esses setores defeituosos são um motivo típico para erros como 'não é possível ler do arquivo ou disco de origem'. Portanto, é melhor manter um controle sobre eles.

Felizmente, o Windows vem com um utilitário embutido chamado verificação de disco. Ele verifica arquivos e tenta reparar setores defeituosos, que até recuperam os dados perdidos em alguns casos.

Se alguns setores são irrecuperáveis, eles são marcados como ruins e, em seguida, o Windows se abstém de gravar dados nesses discos no futuro. É muito fácil de rodar verificação de disco.

4. Clique da Morte

Os discos rígidos mecânicos apresentam peças móveis e tolerâncias extremamente precisas, onde alguns trabalham muito além de sua vida útil previsível e outros terminam mais tarde ou mais cedo. Se o seu disco rígido cair fisicamente, você receberá erros como 'não é possível ler do arquivo ou disco de origem'. Os técnicos têm uma idéia dos discos rígidos quebrados que são responsáveis ​​por esses erros desde o clique da morte.

Ao ouvir atentamente, os usuários ouvirão o disco rígido produzindo um som de clique rítmico. Se a sua unidade ainda lê arquivos, é recomendável fazer backup dos arquivos, se possível. Se essa unidade não gostar de devolver os arquivos, peça a ajuda de especialistas em recuperação de dados. No entanto, esses serviços são caros e é melhor deixá-los se as informações não forem valiosas.

5. Danos no disco óptico e lentes sujas

Atualmente, a maioria dos usuários não emprega discos ópticos em seus sistemas Windows. No entanto, é melhor conhecer os danos na superfície do seu disco se você deseja receber informações de um disco BluRay, DVD ou CD. Às vezes, limpe o disco com um pano que você usa para limpar os óculos ou os óculos da câmera para remover detritos e impressões digitais.

Se a camada externa do disco estiver arranhada, use um fluido ou buffer de reparo do disco para tentar uma correção. Se o dano for profundo o suficiente, não há esperança. Às vezes, o problema não é o disco, mas a sua unidade. Pode-se usar um limpador de lentes de driver para resolver o problema.

6. Enigmas de conexão

Unidades de disco de todos os tipos se comunicam com o sistema por algum tipo de conexão. Para uma unidade externa, é sempre USB. Isso significa que as portas USB ou o cabo USB no sistema podem estar danificados ou com defeito.

Enigmas de conexão

Portanto, você precisa tentar uma porta ou cabo alternativo no sistema para descartar essas fontes de problemas. Além disso, tente um disco rígido externo em outro sistema, que determinará se o sistema ou a unidade é o problema. Quando se trata de dispositivos internos, essa mesma regra se aplica a eles. Tente usar cabos SATA alternativos para unidades internas SATA. Os usuários gostariam de modificar a unidade ou porta SATA específica que estão usando para examinar o problema.

7. Problemas de energia

Vários discos rígidos USB externos requerem mais energia em comparação com uma porta USB padrão. Essas unidades geralmente chegam com um cabo com dois conectores USB-A. Aqui, um conector carrega dados e energia, enquanto o outro apenas carrega energia. Se você usar cabos de conector único com portas USB padrão, a unidade não funcionará de forma confiável ou inicializará.

Portanto, verifique novamente os requisitos de energia do fabricante e verifique se você está fornecendo à unidade externa energia suficiente para funcionar corretamente.

8. Nomes de arquivos não suportados

Os nomes podem causar um problema. Às vezes, o Windows não entende um nome de arquivo usado para um arquivo específico. Se o disco de origem apresentar um formato de nome de arquivo que seja contrário às regras de nome de arquivo do Windows, tente renomear esse arquivo.

9. Propriedade do arquivo

A maioria dos usuários não precisa se preocupar com a propriedade do arquivo. No entanto, o Windows não suporta a propriedade de um arquivo ou unidade específico às vezes. Assim, torna-se impossível para os usuários trabalharem nesses arquivos ou unidades.

Propriedade do arquivo

A melhor parte é que os usuários podem examinar manualmente e modificar a propriedade do arquivo no Windows 10. Além disso, é muito fácil fazê-lo. Consulte os guias online para executar esta função.

10. Ler é essencial

Em alguns casos, você precisa aceitar o fato de que seus dados são perdidos e nunca podem voltar. Portanto, experimentar esses métodos não poderia trazê-los de volta. É por isso que é melhor adotar estratégias de backup para corrigir o erro 'não é possível ler do arquivo ou disco de origem'.

Devido à tecnologia de armazenamento barata, as conexões rápidas à Internet e as opções de backup na nuvem ajudam a impedir que seus arquivos ou informações sejam perdidos para sempre. Certifique-se de criar backups regulares de arquivos insubstituíveis e exclusivos. Pode-se espalhar cópias no OnDrive ou no DropBox e até comprar um SSD externo sobre unidades externas propensas a falhas.

Além disso, vamos descobrir como consertar o NTFS.sys erro sem esforço.


Parte 2: Como corrigir Não é possível ler o arquivo de origem ou disco

Agora, é hora de você saber sobre diferentes soluções para resolver o problema 'não é possível ler do arquivo ou disco de origem'. Existem vários métodos para fazer e, aqui, listamos alguns dos mais eficazes. Então, vamos começar sem mais delongas!

1. Corrija seus sistemas de arquivos incompatíveis

É muito fácil diagnosticar sistemas de arquivos incompatíveis. Se você estiver usando o Windows 10 ou 8, seus sistemas de arquivos são NTFS. No Windows 7, esses sistemas podem ser NTFS ou FAT32 e no Windows XP, esses são FAT32.

NTFS é totalmente diferente do FAT32. Além disso, ele pode lidar com arquivos muito grandes com bastante facilidade. O FAT32 não pode manipular arquivos grandes e é um sistema de arquivos antigo. Se você transferir arquivos do disco FAT32, o tamanho máximo do seu arquivo precisará ser 4 GB. Além disso, se o tamanho do seu arquivo estiver próximo a esse tamanho, poderá resultar em erros como 'não é possível ler do arquivo ou disco de origem'.

Passos para corrigir a impossibilidade de ler o arquivo ou disco de origem:

  1. Escolha a unidade da qual você está copiando
  2. Toque com o botão direito e escolha "Propriedades'
  3. Procure o sistema de arquivos
  4. Faça o mesmo para o seu disco de destino
Correção Não é possível ler do arquivo de origem ou erro de disco

Se os dois sistemas forem NTFS, vá para a próxima solução. Se eles são diferentes, continue lendo. Normalmente, os usuários não podem copiar arquivos grandes com o FAT32. Em alguns casos, os usuários usam um divisor de arquivos para dividir um arquivo grande em pedaços pequenos. Aqui, o arquivo fica corrompido e o Windows mostra o erro 'não é possível ler do arquivo ou disco de origem' ou lê um arquivo grande ou corrompido.

Ao ver esse erro, procure um programa que possa dividir um arquivo em pequenos pedaços e repita o processo. Existem vários separadores de arquivos online, como o HJSplit. Este programa vem com recursos avançados completos e gratuitos. Instale este programa e divida seu arquivo e, em seguida, reconstrua o mesmo.

2. Corrija setores defeituosos

Um setor refere-se a uma peça de armazenamento. Ao formatar discos rígidos, esse processo envolve dividir a unidade em partes separadas. Portanto, você pode usá-los coletivamente para armazenar arquivos grandes ou também de forma independente para armazenar dados.

Setores defeituosos são erros de software que significam que seu sistema não pode ler esses dados em um setor específico. Pode até acontecer por causa de danos físicos. Para verificar setores defeituosos, siga as instruções listadas abaixo.

As etapas para corrigir não podem ler do arquivo de origem ou do disco:

  1. Escolha a unidade da qual você está copiando
  2. Toque com o botão direito e escolha "Propriedades'na guia'Ferramentas'
  3. Marque o cheque contra 'Verificação de erros'
  4. Aguarde a conclusão deste procedimento
  5. Repita o mesmo processo para o outro sistema de arquivos
Corrija setores defeituosos

Este programa de verificação de disco é independente e procura setores defeituosos. É até capaz de reparar esses problemas na maioria dos casos. No entanto, isso pode danificar o arquivo que você deseja mover, portanto, tenha cuidado ao executar essa correção.

Os usuários podem até executar verificações de disco usando o prompt de comando, se quiserem. Para executar esta ação, siga as etapas como:

  1. Abra o CMB janela e execute-o como administrador
  2. Tipo 'chkdsk / f D:'ou cole o mesmo e pressione'Entrar'
  3. Em seguida, modifique 'D:'para a letra do disco rígido, que está em questão
  4. Aguarde a conclusão do processo

Caso existam setores defeituosos, esse método os corrigirá. Portanto, você não enfrentaria o erro 'não pode ler do arquivo ou disco de origem' e poderá movê-lo sem esforço.

3. Resolver permissões de arquivo

Em alguns casos, as permissões de arquivo podem se tornar confusas para o Windows e, portanto, isso apresenta problemas na frente do Windows. Esse problema pode ocorrer se alguém lhe enviar um arquivo e o Windows não puder ler do arquivo ou disco de origem por causa da propriedade do arquivo. Corrija esse problema da seguinte maneira!

Etapas para resolver as permissões do arquivo:

  1. Toque com o botão direito do mouse no arquivo que você deseja copiar
  2. Em seguida, escolha 'Propriedades"e selecione a guia"Segurança'
  3. A partir daí, escolha 'Editar'e depois toque no'Adicionar' aba
  4. Digite o nome de usuário do seu computador na parte inferior e escolha 'Verificar Nomes'
  5. Depois disso, pressione Está bem. e você retornará à tela anterior
  6. Toque no seu nome de usuário e marque a caixa de seleção ao lado de "Controle total'
  7. Por fim, toque em "Inscrever-se'e aperte Está bem.

Portanto, use esses métodos eficazes para resolver o erro O Windows não pode ler do arquivo ou disco de origem. Todos esses métodos funcionarão para corrigir esse erro irritante. Agora, experimente-os e elimine-os de uma forma muito fácil e eficaz.